in

Ramírez, acusado por Gerson de injúria racial ganha centenas de seguidores no Instagram

Alexandre Vidal / Flamengo

O colombiano Juan Pablo Ramírez de apenas 23 anos, é atacante e foi recém-contratado por empréstimo pelo Bahia, até dezembro de 2021 junto ao Atlético Nacional. Mas até o momento, ele não se destacou pelo seu bom futebol e sim pela denúncia feita pelo meia Gerson, de injúria racial na partida entre Flamengo e Bahia no Maracanã, neste domingo (20).

Durante um lance na partida, Gerson afirmou que Ramírez disse : “Cala a boca, Negro”, o que gerou uma discussão intensa em campo, que porém, não resultou em nada, já que o árbitro da partida alega não ter percebido nada.

Apesar de boa parte da imprensa, jogadores e até mesmo clubes como o Vasco terem se posicionado a favor de Gerson, ao que parece, uma parte dos torcedores apoiam o jovem atacante. Em poucas horas, ele ganhou cerca de 1.000 novos seguidores em seu Instagram e ultrapassou os 72 mil seguidores no momento dessa reportagem.

Vale ressaltar também que o Bahia desligou o treinador Mano Menezes após a partida, porém, não deixou claro se tinha vínculo com o áudio vazado pelo GE, onde ele aparece defendendo Ramírez e alegando malandragem de Gerson, ou por motivos técnicos. Além disso, o clube ficou de se pronunciar oficialmente após apurar os fatos com o jogador.

Vampeta minimiza injúria racial relatada por Gerson – ‘O futebol está muito mimimi’

Flamengo deve renovar com Pepê por 6 meses