in

Gerson afirma ter sofrido ofensas racistas e se posiciona nas redes sociais

Alexandre Vidal / Flamengo

Na raça, o Flamengo virou a partida contra o Bahia por 4 a 3, na noite deste domingo (20). Mas o placar heroico conseguido pela equipe rubro-negra ficou em segundo plano. Isso porque ao final da partida o meia Gerson deu uma entrevista ao canal esportivo Premiere e fez um desabafo e infelizmente uma denúncia de racismo por parte de Ramirez.

Segundo o camisa 8, o atleta colombiano ofendeu e explicou a confusão em campo. “Cala a boca, negro”

“O Ramírez, do Bahia, falou para mim: ‘Cala a boca, negro’. Eu nunca reclamei na imprensa, mas isso eu não aceito. Eu vim falar em nome de todos os negros. O Mano Menezes também tem que saber respeitar.”

O atleta se posicionou também através de suas redes sociais:

Bruno Henrique revela “intimidação” de juiz da partida contra o Bahia

Árbitro explica na súmula, a polêmica expulsão de Gabigol