in

Flamengo leva pessoas em situação de rua no Maracanã pela 1ª vez

Foto: Gilvan de Souza / CRF

O departamento de Responsabilidade Social do Clube de Regatas do Flamengo, em parceria com o Núcleo da Defesa dos Direitos Humanos da Defensoria Pública do Rio de Janeiro, promoveu a ação “Nação no Maraca”, levando 22 pessoas em situação de rua ao Maracanã, pela primeira vez, para assistir à goleada do Mengão sobre o Athletico-PR, por 5 a 0, no último domingo (14).

“A inclusão social é uma das linhas de trabalho da nossa Responsabilidade Social, e através da ação ‘Nação no Maraca’ distribuímos ingressos de jogos do Flamengo no Maracanã para possibilitar a integração e a participação coletiva. O objetivo é oportunizar espaços mais democráticos e diversos”, disse Ângela Machado, diretora de Responsabilidade Social do clube.

Esta não é a primeira ação da Responsabilidade Social do Flamengo voltada à população em situação de rua. Tendo a inclusão social como uma de suas linhas de trabalho, o Flamengo já atua, em parceria com a Defensoria Pública e outras instituições atuantes nesse tema, em ações de distribuição de refeições e apoio comunitário em geral.

Instagram/Divulgação

Flamengo e Oscar chegam a uma decisão sobre contratação

Após goleada, Flamengo se torna o melhor ataque do Campeonato