in

Clube português vem forte para contratar destaque do Flamengo

Marcelo Cortes / Flamengo
Marcelo Cortes / Flamengo

Vivendo altos e baixos na atual temporada, o goleiro Hugo Souza voltou a despertar interesse de clubes do futebol europeu e pode deixar o Flamengo na próxima janela de transferências. Após a chegada do técnico Dorival Júnior, o jovem virou terceira opção no gol rubro-negro, ficando atrás de Santos e do experiente Diego Alves.

De acordo com informações divulgadas pelo portal “Torcedores.com”, o Boavista, de Portugal, voltou a demonstrar interesse no jogador. O clube tem intenção de formalizar uma proposta por empréstimo até junho de 2023 com opção de compra. No entanto, a equipe lusitana deve ter concorrência de outros interessados no arqueiro. Vale ressaltar que até o momento nenhum proposta oficial chegou ao conhecimento do Flamengo.

É bem verdade que nos últimos dias, a diretoria do clube carioca recebeu diversas consultas de clubes da Bélgica, Bulgária e Polônia. Entretanto, os nomes das equipe são mantidos em sigilo pelo staff do jogador.

Ainda de acordo com a publicação, o Flamengo vê com bons olhos uma negociação com o Boavista. Internamente, os cartolas rubro-negros admitem a necessidade de fazer caixa, já que o clube desembolsou uma quantia milionária nas contratações de Everton Cebolinha e Arturo Vidal.

Mesmo sabendo que seria uma boa oportunidade de valorizá-lo no mercado europeu, a diretoria rubro-negra entende que só irá emprestar o goleiro para um clube onde tenta certeza de que vai chegar com status de titular absoluto. Apesar do atleta ser um pedido do técnico Armando Petit, o Boavista não tem condições de garantir esse status ao jogador. Afinal, o atual dono da posição é o brasileiro Rafael Bracali, de 41 anos, ex-Paulista-SP, que caminha para sua quinta temporada no clube.

É importante frisar que Hugo Souza tem contrato com o Flamengo até o dia 31 de dezembro de 2025. O acordo prevê aumento salarial progressivo conforme for cumprindo metas pré-estabelecidas. Além disso, há possibilidade da extensão por mais uma temporada. Sua multa rescisória está fixada em 70 milhões de euros (R$ 387 milhões, pela cotação atual). O valor, no entanto, é considerado completamente fora da realidade financeira do Boavista, que tem um orçamento mais enxuto em relação a outros clubes da elite portuguesa.

Comentarista aponta zaga ideal para o Flamengo

Flamengo divulga última parcial de vendas para o duelo contra o Tolima