in

Ramon desabafa após acidente que matou ciclista no Rio

Divulgação / Flamengo

O jovem lateral-esquerdo da base rubro-negra, Ramon, se envolveu em um grave acidente neste sábado (04) na zona oeste do Rio de Janeiro, que vitimou um ciclista. As circunstâncias do acidente ainda serão analisadas pela Polícia Civil, no entanto, o atleta prestou socorro e afirmou não ter consumido bebidas alcoólicas. A vítima de 30 anos, morreu a caminho do hospital. Em suas redes sociais, Ramon “desabafou” sobre o ocorrido.

“Primeiramente preciso lamentar o trágico acidente no qual me envolvi na noite do último sábado (04), na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro. Acidente este que acabou vitimando o sr. Jônatas Davi dos Santos. reafirmo o respeito às leis de trânsito e ressalto que estava dentro da velocidade permitida, quando fui surpreendido por Jônatas, que estava em uma bicicleta. Reforço que, logo após o acidente, acionei o socorro e permaneci no local prestando todo o auxílio e informações às autoridades. Em depoimento na 16ª Delegacia de Polícia, na Barra da Tijuca, me coloquei à disposição para colaborar com as investigações do caso”, disse Ramon, que ainda continuou:

“Nesse momento de dor e sofrimento para todos os envolvidos, estou buscando forças para auxiliar em tudo o que for necessário a família da vítima. Estamos em contato com a família do Jônatas para dar o suporte necessário e colaborar com possíveis despesas do sepultamento. É um momento de muita tristeza e comoção, mas também é um momento de respeito e amor ao próximo. Vamos passar por isso juntos”, completou.

Rodrigo Caio terá que fazer outra cirurgia no joelho e desabafa

Cuca provoca o Flamengo após a conquista do Brasileirão