in

Sormani avalia possível retorno de Jorge Jesus e detona: ‘Era engolido pelo Odair’

Reprodução

Se no início da temporada, o Flamengo era visto como o principal candidato a conquistar o Brasileirão, Copa do Brasil e a Libertadores da América, agora o clube está sem técnico e sem nenhum dos títulos almejados, a única esperança é o Campeonato Brasileiro, onde as chances são remotíssimas.

Com o fiasco na final do principal torneio sul-americano, a diretoria rubro-negra ouviu os apelos da arquibancada e demitiu Renato Gaúcho e segue no mercado em busca de um novo comandante para 2022. O grande desejo dos dirigentes e da Nação é o retorno do português Jorge Jesus, que foi multicampeão dirigindo o Mais Querido em 2019 e 2020.

No entanto, na visão do comentarista Fábio Sormani, dos Canais Disney, é muito provável que o Mister não repita o mesmo sucesso de dois anos atrás. Ele ainda afirma que o lusitano foi “engolido taticamente” por Odair Hellmann.

Vamos pegar o Flamengo dos últimos seis meses do Jorge Jesus: não era o mesmo Flamengo. Eu canso de falar aqui e ninguém dá importância pro que eu falo aqui. Não era o mesmo Flamengo. Ele teve dificuldades no Campeonato Carioca, ele era engolido pelo Odair Hellmann taticamente todas as vezes que ele jogou. O Jorge Jesus, aquele carioca que ele disputou, não era pra ter tido final, e ele conseguiu a façanha de perder a Taça Rio pro Fluminense“— disse, antes de completar: 

Ele não tinha o mesmo desempenho naquela época que ele teve até a conquista da Libertadores. Então acho que pro bem do Flamengo, tinha que trazer de novo o Jorge Jesus, pra cair esse mito, pra parar essa história e dar um pouquinho mais de tranquilidade pra treinador trabalhar lá dentro“— encerrou.

Neto afirma que querem destruir a carreira de Renato Gaúcho após demissão

Com propostas de outras equipes, Vitinho define seu futuro