in

Jorge nega ter provocado o Flamengo após título da Libertadores com o Palmeiras

Crédito: Cesar Greco/ Ag. Palmeiras

O Palmeiras conquistou a sua terceira Libertadores da América ao vencer o Flamengo por 2 a 1, no último sábado (27), no estádio Centenário do Uruguai e durante a comemoração, um dos jogadores, que é cria do Mais Querido fez questão de provocar o clube que o revelou. No entanto, em entrevista ao GE, Jorge fez questão de falar que foi “mal interpretado”.

“Os jornalistas que me conhecem sabem como sempre me dei bem com todos, sempre solícito. Mas, da maneira como foi colocado, deixa margem pra interpretação negativa. Por que não falou que também fui lá abraçar cada um dos jogadores do Flamengo? Somos adversários, e não inimigos. Não me lembro muito bem, pois não parava de comemorar, mas acredito que alguém que estava por perto mencionou que eu fui ser campeão logo em cima deles”, disse o lateral.

“Pode ser que falei em cima deles, mas me referindo ao clube onde fui formado. Tanta coisa mais séria pra focar e soltam uma coisa dessa sem sentido. Toda vez que chegava da Europa, ia lá no Ninho (do Urubu) abraçar os funcionários, amigos que deixei por lá, e levava camisa de presente, demonstrando gratidão e respeito por todo carinho”, completou.

Flabasquete recebe Rio Claro e Franca no Maracanãzinho pelo NBB

Rodinei recebe proposta de time do Estados Unidos e deve sair do Flamengo