in

Apresentador exalta o encontro entre Flamengo e torcida no Maracanã

Reprodução

Apenas 3 dias após a derrota para o Palmeiras na final da Libertadores da América, o Flamengo entrou em campo no Maracanã, e derrotou o Ceará por 2 a 1, gols de Gabigol e Matheuzinho em partida válida pelo Campeonato Brasileiro. E o que tinha tudo para ser uma noite de cobranças, acabou sendo de festa e apoio, embalado por 48 mil torcedores que lotaram o estádio. Para Rizek, a foto tirada por Diego Ribas em um dos gols com a torcida é representativa.

“Na foto tirada pelo Diego, ontem no Maracanã é simbólica. Como é bom ver o estádio de futebol mais parecido com o país em que vivemos. Nela vemos pessoas de diferentes classes sociais da sociedade. O estádio não pode ser um fator excludente, mas sim de inclusão”, disse o apresentador André Rizek no Seleção SporTV.

“Sendo assim, mais gente poderá ver o time do coração dentro do estádio, e não só na saída do CT ou em chegada de viagem. Que a rua não seja apenas o único lugar do ‘povão’, mas que ele também passe a ocupar cada dia mais as arquibancadas do estádio”, concluiu.

Coluna do Fla

“A derrota é a melhor professora de todas”, afirma dirigente após perda da Libertadores

Jogador do Flamengo afirma que não esperava Maracanã lotado após derrota na Libertadores