in

Marcos Braz fala sobre o futuro de Renato Gaúcho no Flamengo

Marcelo Cortes / Flamengo
Marcelo Cortes / Flamengo

Em entrevista concedida ao repórter Rodrigo Viga, da “Jovem Pan”, o vice-presidente de futebol, Marcos Braz finalmente falou sobre a situação do técnico Renato Gaúcho no Flamengo. Sofrendo uma forte pressão, o técnico chegou a colocar o cargo à disposição da diretoria logo após a eliminação do Mais Querido na Copa do Brasil. As especulações sobre uma possível troca no comando da equipe rubro-negra seguem ganhando mais força a cada dia, nem mesmo a vitória sobre o Atlético-MG fez com que a ira da torcida diminua, no entanto, a diretoria descarta uma mudança no momento.

Com a temporada chegando ao final, o maior desejo do treinador é ter o máximo de respaldo possível dos dirigentes do clube carioca.

“Não tem falta de harmonia com o Renato Gaúcho. As pessoas que trabalham no Flamengo sabem o que fazer neste momento de tantos questionamentos. Vamos passar por cima disso para estar na melhor temperatura possível. Eu não sei o motivo da pergunta, ele é o atual técnico. Os torcedores reclamam, os jogadores reclamam. É o que eu sempre falo: às vezes, os questionamentos são factíveis e outros não. Tem de tudo! O que eu posso falar é que vai chegar bem no dia 27 de novembro”, disse o vice-presidente de futebol.

Mesmo com o apoio ao atual comandante, o cartola reconheceu que algumas críticas, embasadas pelo alto rendimento apresentado pelo Mais Querido em outrora, são justas. Visando a final da Libertadores da América, que só acontece no dia 27 de novembro, Braz acredita que a equipe tem tempo suficiente para se recuperar e chegar na decisão com o melhor ambiente possível.

“A torcida do Flamengo e a própria imprensa têm razão em alguns questionamentos, existem fatores para isso. As cobranças são pertinentes, mas os dirigentes têm que saber que, de fato, estaremos na melhor situação possível no dia 27”, acrescentou.

Com Renato Gaúcho na berlinda, técnico português se anima com a chance de assumir o Flamengo

Comentarista indica Michael para outro clube – “Não tem espaço no Flamengo”