in

Cartola chama VAR de brincadeira, e Bruno Henrique ridiculariza amarelo para Renato Kayzer

Marcelo Cortes / Flamengo

O primeiro tempo da partida diante do Athletico-PR teve um lance pra lá de polêmico. O Flamengo já vencia o duelo por 2 a 0, quando o árbitro do duelo expulsou o atacante Renato Kayzer.

Depois de uma disputa pela bola com Léo Pereira, o camisa 79 da equipe paranaense recebeu o cartão vermelho direto. Entretanto, depois de ser chamado pelo VAR, o juiz da partida Marielson Alves Dias reconsiderou a decisão, anulando a expulsão e dando somente o cartão amarelo.

Obviamente que a mudança na cor do cartão foi motivo de revolta dos torcedores do Mais Querido nas redes sociais. Rodrigo Dunshee, vice-geral e jurídico do clube carioca, chamou de ‘brincadeira’ a anulação da expulsão, ao mesmo tempo em que o atacante Bruno Henrique, que não pôde entrar em campo por ter recebido o terceiro cartão amarelo, afirmou que se fosse ele no lance, seria expulso.

“E essa expulsão cancelada pelo VAR ?? Brincadeira!….”, escreveu Dunshee.

“Se é Eu nesse lance do Léo o árbitro o Var tinha me expulsava Hahahaha brincadeira isso”, ironizou o camisa 27.

Renato Gaúcho concorre como melhor treinador do Mundo

[VÍDEO] Veja os melhores momentos de Athletico-PR 2 x 2 Flamengo