in

Renê estuda entrar na justiça após ser vítima de xenofobia por parte da torcida do Flamengo

Alexandre Vidal / Flamengo
Alexandre Vidal / Flamengo

Um dos jogadores mais criticados do time que entrou em campo no último sábado e perdeu por 3 a 1 para o Fluminense, em partida válida pelo Campeonato Brasileiro, o lateral-esquerdo Renê cogita entrar na justiça após ser vítima de ofensas xenofóbicas nas redes sociais. A informação foi divulgada pelo jornalista Mauro Cezar Pereira em seu blog no “UOL”.

Através de sua assessoria de imprensa, o jogador “lamentou profundamente saber que ainda existam ‘pessoas’ promovendo esse tipo de atitude e pensamento amparadas pelo anonimato da internet”. O atleta não descartou medidas judiciais.

Infelizmente, essa não foi a primeira vez que Renê passa por essa situação no Flamengo. Em 2019, após derrota para o Emelec, pela Libertadores, o jogador foi chamado de “paraíba” em suas redes sociais.

Atlético-MG pede ao Flamengo liberação de sua torcida no Maracanã

Sormani critica desempenho do Flamengo e do treinador – “Enquanto estão estudando, Renato está na praia”