in

Governo do Uruguai deve proibir torcedores de Flamengo e Palmeiras de entrarem no país

Foto: Divulgação/Conmebol

Os dois últimos campeões da Libertadores da América não veem a hora de entrarem em campo para decidir quem é o “Rei do Continente”. Flamengo e Palmeiras vão disputar o troféu mais cobiçado do futebol sul-americano no dia 27 de novembro, no estádio Centenário, no Uruguai. Os torcedores das equipes esperam que a Conmebol viabilize uma carga de 45 mil ingressos para a decisão. No entanto, apenas 50% deverá ser repassado aos clubes.

Alarmado sobre um possível confronto entre torcedores das equipes, o governo local já articula algumas ações nos bastidores. Segundo informações divulgadas pelo jornalista Marcel Rizzo, do portal “UOL Esporte”, as autoridades uruguaias já solicitaram à policia brasileira e à CBF, uma listagem de torcedores classificados como violentos e que são impossibilitados de acompanhar jogos nos estádios brasileiros por conta do histórico.

De acordo com Luis Alberto Heber, ministro do Interior do Uruguai, os torcedores que estiverem na relação não poderão entrar no país para acompanhar as finais da Libertadores e da Copa Sul-Americana. Recentemente, o colunista Mauro Cezar Pereira, do UOL Esporte, trouxe à tona um print de conversas entre torcedores mencionando a possibilidade de grande confusão no trajeto das caravanas de São Paulo e Rio de Janeiro até Montevidéu. Além disso, ainda há o agravante de possíveis confrontos com as torcidas locais. Vale lembrar que a organizada do Peñarol já teve atrito com torcedores do Palmeiras e Flamengo.

Marcelo Cortes / Flamengo

Flamengo define primeiro jogador a deixar o clube no final da temporada

Comentarista aponta favorito para conquistar o Brasileirão 2021