in

Rogério Ceni minimiza declaração sobre o Flamengo – “No Rio são mais de 700 favelas”

Alexandre Vidal / Flamengo

Tendo voltado ao comando do São Paulo essa semana com o objetivo de colocar o time no G4 no lugar de Crespo, o treinador Rogério Ceni, ídolo como jogador, lida com uma certa rejeição da torcida do time paulista em seu retorno, em parte por uma declaração feita na época em que treinava o Flamengo.

“O São Paulo é minha casa. A torcida, seja Independente, Dragões, tenho o maior carinho e respeito por todos. A declaração que eu dei no Flamengo, que é uma grande instituição, um ótimo lugar para trabalhar e me possibilitou ser campeão, é que em São Paulo a torcida é dividida entre os três grandes. No Rio de Janeiro existem mais de 700 favelas. É praticamente uma inserção social vestir a camisa do Flamengo, você faz parte da comunidade, do grupo. Essa é a grande diferença. Eu tenho respeito por todos os times, e isso não diminui o quanto eu gosto e me identifico com o São Paulo”, afirmou.

Entre os títulos conquistados pelo treinador no Flamengo estão o Campeonato Brasileiro de 2020, a SuperCopa do Brasil de 2021 e o Campeonato Carioca de 2021.

Flamengo assina renovação de contrato do meia Matheus França

Comentarista de rádio paulista ainda acredita no título do Flamengo no Brasileirão