in

Caio Ribeiro diz que falta mais de Flamengo na Seleção Brasileira

Reprodução

O técnico da seleção brasileira ao que parece se rendeu ao futebol praticado pelo atual bicampeão brasileiro. Tite tem convocado sistematicamente o meia Éverton Ribeiro e o artilheiro Gabi. Sem contar com Gerson, que desfilava toda sua classe com a camisa 8 do Flamengo até a primeira metade do ano, quando se transferiu para o Olympique de Marseille. Segundo o comentarista Caio Ribeiro, do Grupo Globo, falta o escrete canarinho jogar mais como o clube carioca.

Em entrevista ao podcast ‘Flow Sports Club’, Caio Ribeiro destacou a convocação de atletas mais jovens e rasgou elogios a Raphinha, que atual no Leeds, da Inglaterra, e se destacou nas últimas duas partidas pela seleção.

“Eu acho que o Brasil abriu o leque, e era uma crítica que eu tinha e falava para o Tite ‘não fica refém de um sistema ou de um grupo de jogadores, olha para a seleção olímpica, para o Guilherme Arana, Matheus Cunha, Antony, Claudinho… tem uns moleques muito bons e que vão dar resposta na seleção principal’. Olha o Raphinha, entrou e jogou pra caramba. Quem tá acompanhando o Raphinha? A gente que é do futebol está. Esse moleque vai chegar em time de ponta”, avaliou.

“Tem momento, que tem que parar de trabalhar só taticamente, o que é o grande diferencial do Renato Gaúcho. O Renato não é melhor que o Tite na parte tática, e não é melhor nem que o Rogério Ceni na parte tática, só que ele ganha os caras. O clima é leve e ele faz o seguinte: ‘Sem a bola, marca. Com a bola, se diverte’. É o que a gente fala do jogo posicional e do jogo intuitivo. O Brasil tem que ser um pouco mais irresponsável com a bola. Eu acho que tem que ter um pouco mais de Flamengo no jogo do Brasil. O Tite está tentando soltar, mas ainda não conseguiu”, completou Caio Ribeiro.

Comentarista contesta titularidade de jogador no Flamengo

Thiago Maia crava que Flamengo será Campeão Brasileiro de 2021