in

Renato Gaúcho perde a paciência na coletiva de imprensa após a vitória

Reprodução / FLaTv

Apesar da boa vitória por 3 a 0 em cima do Fortaleza na Arena Castelão, o clima na coletiva de imprensa após a partida não foi dos melhores. Ao ser questionado sobre o fato de ter “poupado” alguns jogadores como Diego Alves e Bruno Henrique para a partida, o treinador Renato Gaúcho perdeu a paciência.

“O mais importante de tudo são os jornalistas, hoje não vou dar o nome, mas os jornalistas que começam a colocar dúvidas sobre A, B ou C aqui dentro e não passam as informação corretas lá para fora. Na próxima eu vou dar o nome. O jornalista tem que ser responsável. Falou do Diego (Alves)? Mentira. O Diego não esta conseguindo calçar a chuteira sequer, não sabe quando ele vai poder voltar a pôr uma chuteira. O Bruno (Henrique) vai fazer exame amanhã para saber o que aconteceu”, disse, subindo o tom, completando:

“Em momento algum a gente poupou. O jogador que se tira do jogo porque está com problemas. O único momento que eu poupei foi contra o ABC (pela Copa do Brasil), a única partida. Não estamos poupando, é mentira!”

“O jogador pode machucar subindo no ônibus, futebol é contato. O Diego machucou numa bola que ele saiu ontem no treino, o companheiro veio e foi em cima do pé dele, um pisão. Esse tipo de lesão acontece”.

“Nós deveríamos poupar, mas a gente não poupa jogadores. Eu coloco jogadores em campo arriscando. O Andreas foi um hoje. Está com a perna pesada. Poderia ter sofrido uma lesão. Mas quem sabe são os que estão aqui dentro”, emendou o treinador.

“Nosso torcedor pode ficar tranquilo, porque sempre buscamos o melhor para o clube. O Flamengo está invicto há seis partidas. Estamos na final da Libertadores. Estamos na semifinal da Copa do Brasil. E estamos brigando pelo título brasileiro, e tenho esse sonho. Estamos a 11 pontos do Atlético, mas temos dois jogos e menos e um confronto direto. O Flamengo é o único na disputa de três competições. E bem nas três competições. O Flamengo é muito grande para desistir de qualquer competição”, completou.

Michael rasga elogios a Renato Gaúcho após marcar 2 gols

Diego Alves defende rubro-negros do Nordeste