in

Flamengo é denunciado por cantos homofóbicos na Copa do Brasil

Paula Reis / Flamengo

O coletivo Canarinhos LGBTQIA+ enviou uma denúncia essa semana ao STJD contra o Flamengo por conta de cantos homofóbicos que parte da torcida rubro-negra teria cantado no Maracanã, na partida contra o Grêmio, válida pela Copa do Brasil. Na ocasião, parte da torcida cantou a música “Arerê, gaúcho dá o c* e fala tchê”, para ofender os gremistas. O momento foi registrado em vídeo e postado nas redes sociais por uma conta com nome vinculado ao Flamengo. A informação é do Jornal O Dia.

“O cântico homofóbico contrasta com a orientação emitida pelo STJD na recomendação 01/2019, publicada em 01 de agosto de 2019, que determina que árbitros, auxiliares e delegados da partida constatem em súmula e/ou documentos oficiais a ocorrência de manifestações de cunho preconceituosos e de injúria em decorrência de opção (termo erroneamente usado) sexual”, disse o coletivo LGBTQIA+.

“Diante disso, a Canarinhos LGBTQ+ solicita que medidas cabíveis sejam tomadas conforme prevê a legislação nacional e desportiva, a fim de identificar e punir os responsáveis pelos cânticos. Assim como a averiguação da conduta omissa dos clubes e equipe de arbitragem presente na partida”, concluiu.

Diego Ribas sente lesão e vira dúvida para partida contra o Athletico-PR

Alexandre Vidal - Flamengo

Prefeitura do Rio divulga número de contaminados em jogo do Flamengo