in

Deivid revela que Luxemburgo não queria Ronaldinho Gaúcho no Flamengo

Divulgação

A contratação do craque Ronaldinho Gaúcho pelo Flamengo, em 2011, não foi uma unanimidade dentro do clube. O ex-atacante Deivid, revelou em entrevista ao “Charla Podcast”, que o então treinador Vanderlei Luxemburgo, não queria a contratação do astro. “Quem contratou ali foi a Patrícia (Amorim), o Vanderlei (Luxemburgo) não queria o Ronaldo.

“O Vanderlei não queria e aí chega o Ronaldo. Para gente que gosta de futebol, vê o cara no Barcelona, no Milan, melhor do mundo, fala ‘pô, o cara chegou’. O cara veio para encerrar, não para jogar como jogou no Barcelona. Se ele quisesse jogar em alto nível, ele estava no Milan, jogando Champions League, recebendo em euro. Então, se criou expectativa em cima dele”, afirmou Deivid.

“O Vanderlei queria um time mais jovem. Eu mesmo não tinha vaga garantida. Ele queria fazer um time lá na frente jovem. Se tu pegar o time do Flamengo, eu tinha 31, o Renato (Abreu) tinha 32, o Ronaldo 30, O Thiago (Neves) 26, Léo Moura trinta e pouco, o Angelim trinta e pouco, o Pet já com 38, 39… Não era um time jovem e o Vanderlei queria fazer um time jovem. Como tinha contrato de dois anos, não tinha como eu ir embora. Se eu faço um contrato de um ano, Vanderlei não renovaria comigo”, completou.

Edilson crava vitória do Flamengo em cima do Palmeiras pelo Brasileirão

Diego Ribas garante boas-vindas à David Luiz no Flamengo