in

Mauro Cezar questiona renovação com 2 medalhões

Alexandre Vidal / Flamengo

Três dos principais atletas do elenco rubro-negro estão com contratos chegando ao fim. Diego Ribas, Diego Alves e Filipe Luís tem contrato com o Flamengo somente até dezembro de 2021. O clube planeja propor uma renovação de 1 temporada para o trio da “geração 85”, no entanto, para o jornalista Mauro Cezar, isso pode não ser uma boa escolha em dois casos.

“Eu duvido que a renovação já esteja com o martelo batido. O Flamengo pode ser eliminado pelo Barcelona de Guayaquil, pelo Grêmio é pouco provável, mas pode cair na fase seguinte da Copa do Brasil, pode perder pro Palmeiras, ficar longe da liderança do Brasileiro e perder os três títulos, aí será que vai renovar com os três? Se o Diego Alves se machuca e até o final do ano não joga mais, vão renovar o contrato dele? Não dá pra ter essa certeza. É muito cedo para isso. Acho até que seria um erro o Flamengo tomar essa decisão agora. O Flamengo tem que rejuvenescer o elenco e ao final da temporada avaliar a situação dos jogadores”, disse o jornalista, que acredita que somente a renovação de Filipe Luís faça sentido.

“Acho que o Filipe Luís é até um caso a parte, dos três, pensando no hoje, me parece que é o que faz mais sentido pensar na sua permanência. No caso do Diego Ribas depende, a concorrência aumentou com a chegada do Andreas Pereira e a recuperação física do Thiago Maia. Aí, alguém vai ter certeza que o Diego vai continuar? Eu acho o Diego um jogador que está sendo sacaneado por porte da torcida, mas não sei se é pro Diego continuar ano que vem com 37 anos. O Diego Alves depende muito da questão física porque é um goleiro que se machuca demais. Ultimamente tem conseguido jogar regularmente, não tem um reserva confiável. Não sei se esses jogadores vão renovar. Alguém lá dentro do Flamengo pode ter essa ideia e aí vaza a informação, mas eu duvido que esse martelo esteja batido. Aliás, seria um absurdo bater esse martelo agora por que o Flamengo precisa rejuvenescer o elenco e não esticar a permanência de vários veteranos. Agora, se chegar no final da temporada e o Flamengo for campeão de tudo com esses jogadores sendo importantes e rendendo muito, aí tudo bem”, finalizou Mauro Cezar.

Papatinho celebra sucesso de música com Gabigol

Meia titular do Flamengo é cobiçado por times árabes