in

Falcão coloca Flamengo como “praticamente imbatível” na Libertadores

Alexandre Vidal / Flamego

Em recente entrevista para a “Rádio Bandeirantes”, Falcão foi perguntado sobre os duelos da Libertadores da América. E a opinião expressada pelo ex-jogador foi bem direta. O ídolo do Internacional afirmou que o Flamengo é “praticamente imparável” e cravou que a equipe carioca é a principal favorita para levantar o troféu da competição. Vale lembrar que a única derrota do rubro-negro sob o comando do técnico Renato Gaúcho foi justamente contra o Colorado, clube onde Falcão ganhou notoriedade e chegou à Seleção Brasileira.

“Do meio pra frente o Flamengo é praticamente imbatível pela qualidade de seus jogadores. São três jogadores de seleção brasileira (Everton Ribeiro, Bruno Henrique e Gabigol) e mais o Arrascaeta na uruguaia. É muita qualidade“, afirmou.

O eterno camisa 5 do clube gaúcho ainda fez uma análise do desempenho muito aquém do esperado da temida dupla argentina Boca Juniors e River Plate. Os clubes Hermanos foram eliminados da principal competição sul-americana pelo Atlético-MG, que mostrou um ótimo desempenho na segunda partida diante do River Plate e venceu por 3 a 0, na noite da última quarta-feira (18), no Mineirão. Sendo assim, existe uma chance muito grande de dois clubes brasileiros disputarem a final dia 27 de novembro, no Estádio Centenário, no Uruguai.

“A gente notou o River Plate bem abaixo. O Marcelo Gallardo é um treinador que vem fazendo milagres. O Boca Juniors também foi uma decepção. O próprio Olimpia, que no passado tinha uma força absurda, hoje tem dificuldades. O momento é bem diferente para Palmeiras, Flamengo e Atlético-MG. O grande craque do time é o emocional. Quem, na hora do vamos ver, cresce e quem tem mais dificuldade. Mas pra isso é preciso tempo pra trabalhar, mas isso você não tem. Por isso a importância da comissão. Às vezes a cabeça do treinador está a mil”, acrescentou.

Trio ofensivo ultrapassa 200 gols pelo Flamengo

David Luiz – “As ofertas ainda não tocaram meu coração”