in

Mauro Cezar compara o trabalho de Miguél Ángel e Domenèc

Divulgação / Flamengo

O treinador Miguel Ángel Ramírez não resistiu a mais uma derrota e consequente eliminação do Internacional na Copa do Brasil e foi demitido com poucos meses de trabalho à frente do time gaúcho. Durante o podcast Posse de Bola, no “UOL”, o jornalista Mauro Cezar Pereira comparou o trabalho do espanhol à frente do Colorado com o de Domènec Torrent no Flamengo, no ano passado.

“A intenção do Internacional e do seu presidente era ótima, muita gente quis o Miguel Ángel Ramírez, vocês falaram aqui o BAP, dirigente do Flamengo no começo do Posse de Bola e o BAP era favorável a ele e não ao Domènec e o Miguel Ángel Ramírez está cometendo mais erros do que o Domènec, ele está conseguindo ser pior que o Domènec foi no Flamengo, o Domènec era um problema defensivo terrível, o do Inter vai além da defesa terrível. Foram oito gols nesses últimos dois jogos, com Fortaleza e com Vitória, e essa eliminação na Copa do Brasil”, afirmou Mauro.

“A intenção era boa, a ideia era legal, mas não deu certo. Eu acho também que isso não significa que você tem que abraçar agora o mais do mesmo. Não pode ser o Abel Braga, que vai trabalhar na Suíça, vamos trazer um técnico para montar um time fechado, que joga na ligação direta, cruzando 300 bolas, porque isso também não levou o Inter ao título, o Inter não foi campeão brasileiro. E não foi porque não teve competência nos jogos contra Sport, contra Flamengo e contra o Corinthians, jogos em que ele perdeu ou empatou, por isso perdeu o campeonato”, completou.

Coluna do Fla

Flamengo pode ter que vender outros jogadores, afirma Bap

Cogitado no Flamengo, Vidal vai treinar no Ninho do Urubu