in

Lisca revela que “abandonaria” tudo para treinar o Flamengo

Divulgação

O Flamengo encara o Grêmio nesta quinta-feira (28), em partida atrasada da 23ª rodada do Brasileirão, em Porto Alegre, às 20h. O jogo é de suma importância para as pretensões do rubro-negro, que ainda sonha com a conquista do campeonato brasileiro. Já na Segundona, o América-MG pode se tornar o campeão, retornando à elite do futebol nacional em grande estilo e cheio de moral.

O técnico da equipe mineira, Lisca colocou o rubro-negro carioca na lista de clubes que fariam ele abandonar sua equipe atual. Lisca “Doido”, como é conhecido vem fazendo um belo trabalho à frente do Coelho, com 70 pontos, a equipe depende que a Chapecoense não vença seu jogo para se sagrar campeão.

Tal desempenho fez com que o treinador fosse sondado por várias equipes.
No entanto, em uma entrevista à Radio GreNal, o técnico listou sete equipes que o fariam deixar o comando da equipe mineira.

“Grêmio, Inter, Flamengo, Corinthians, Santos, São Paulo, Palmeiras, né? Esses hoje são os gigantes porque, além de te darem estrutura, pagam bem, te dão bons jogadores e te dão condições de fazer grandes trabalhos”, disse.

Sondado pelo Cruzeiro em 2020, Lisca explicou que, até então, só recebeu o contato de equipes que estão no sufoco e, por isso, ele não trocaria seu atual time.

“Não fui convidado pelo Cruzeiro agora. Fui naquela época lá do Felipão, ele estava na dúvida. Daí sabem que eu trabalho com o Jorge Machado (mesmo agente do Felipão), e aí houve a consulta também, mas foi só isso. A tendência é eu ficar no América. Conversei com o Salum, o presidente. Se vier um gigante do futebol, da Série A, a gente vai até conversar. Mas no momento os convites pra mim continuam na zona de emergência, para tirar time de sufoco, times intermediários e aí eu vou optar por ficar no América”, declarou.

Ex-jogador aponta Rogério Ceni como futuro treinador da Seleção Brasileira – “Vai ser logo”

Dnipro prepara oferta milionária por Vitinho