in

Veja 10 zagueiros que já podem assinar um pré-contrato

Marcelo Cortes / Flamengo
Marcelo Cortes / Flamengo

Marcos Braz, vice-presidente de futebol do Flamengo já informou algumas vezes que está bem atento ao mercado em 2021. E com a zaga sendo o grande problema do atual elenco, pode se deduzir que o clube deverá ir atrás de um defensor. Como em todo início de ano, o mercado já começa a se agitar, e como nos clubes europeus os contratos se encerram geralmente no final de junho ou julho, muitos atletas já estão livres para assinar um pré-contrato com qualquer equipe.

Um exemplo é o do espanhol Sérgio Ramos, capitão do Real Madrid, cujo contrato se encerra no dia 30 de junho. A dupla de zaga do atual campeão da Ligas dos Campeões Alaba e Boateng, estão na mesma situação. Infelizmente esses atletas ainda estão fora da realidade do futebol brasileiro. No entanto, o site Hashtag Rubro-Negro fez uma lista com 10 nomes que poderiam reforçar o clube, pois estão em final de contrato com suas equipes.

Pablo (Bordeaux)

Depois de uma lesão grave no joelho sofrida no penúltimo jogo da temporada passada, Pablo vem se recuperando neste final de 2020 e já atuou 12 vezes pelo Bordeaux, mas ainda não é o jogador de destaque que foi na temporada 19/20. Naquela ocasião, o brasileiro de 29 anos terminou o Campeonato Francês como o zagueiro com mais duelos aéreos vencidos, o segundo com maior número de cortes e o oitavo com mais interceptações na competição. O contrato do zagueiro que se destacou no título brasileiro do Corinthians em 2017 vai até 30 de junho.

Miranda (Jiangsu Suning)

Em sua primeira temporada no futebol chinês, o zagueiro fez história. Ajudou o Jiangsu Suning a conquistar o título inédito do Campeonato Chinês e foi o zagueiro com mais desarmes, interceptações e duelos aéreos vencidos, além de ter sido o segundo zagueiro com mais cortes na competição. Aos 36 anos, Miranda tem contrato até 26 de julho com a equipe chinesa.

Fabián Balbuena (West Ham)

Outro zagueiro que foi destaque na conquista do título brasileiro do Corinthians em 2017, Fabián Balbuena é titular absoluto do West Ham. Na atual temporada, é o quarto zagueiro com mais desarmes na Premier League, o sétimo que mais intercepta bolas e o oitavo que mais faz cortes. O contrato do titular da seleção paraguaia de 29 anos com o clube londrino se encerra em 30 de junho.

Luís Abram (Vélez Sarsfield)

Titular da seleção peruana, Luís Abram se destacou em 2019 com boas atuações no vice-campeonato da Copa América e por ser o autor do gol da vitória do Peru sobre o Brasil em amistoso realizado nos Estados Unidos. Naquela campanha, Abram foi o segundo zagueiro com mais cortes, o sexto em interceptações e o sétimo que mais ganhou duelos aéreos. Canhoto e de bom passe, o peruano tem um aproveitamento de 86% nos passes na Copa Sul-Americana e acerta uma média de 3 bolas longas por partida (com aproveitamento de 45%). Aos 24 anos, Abram pode ser um investimento pensando em lucro, já que é desejado por alguns clubes europeus, como Galatasaray e Bétis, que estuda oferecer 4 milhões de euros pelo jogador.

David Luiz (Arsenal)

Companheiro de Pablo Marí no Arsenal, David Luiz já viveu melhores momentos em sua carreira. Mas, para o nível do futebol brasileiro, ainda pode ser uma boa opção. Principalmente em uma equipe com o Flamengo, que utiliza zagueiros construtores e atua com a defesa em linha alta. Com excelente qualidade no passe e boa velocidade, o brasileiro de 33 anos pode se encaixar no esquema rubro-negro e ainda tem o plus de poder atuar como volante, posição carente no elenco do Flamengo.

Marcelo (Lyon)

O brasileiro foi um dos destaques na campanha do Lyon na Champions League do ano passado, que chegou à semifinal da competição, eliminando Juventus e Manchester City. Naquela ocasião, Marcelo foi o segundo zagueiro que mais ganhou duelos aéreos na Champions (atrás apenas de Van Dijk) e o quinto com o maior número de cortes. Na atual temporada do Campeonato Francês, o jogador de 33 anos é o sexto que mais ganha duelos aéreos.

Juan Jesus (Roma)

Sem espaço na Roma, o zagueiro pode ser uma boa saída para o Flamengo. Canhoto, de bom passe e veloz, poderia encaixar no sistema de linha defensiva alta do clube rubro-negro, além dos quase dez anos de experiência no futebol italiano. O jogador de 29 anos carrega no currículo uma prata nos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012, como titular daquela seleção.

Martín Cáceres (Fiorentina)

O jogador chegou a abrir negociações com o Flamengo no início de 2019, mas não chegou a um acordo com o clube. Titular na Fiorentina, pode atuar tanto no miolo da zaga, como nas duas laterais. Não é um primor técnico, mas é um jogador de muita velocidade e bastante raça. Aos 33 anos, o contrato de Cáceres com a Fiorentina se encerra em 30 de junho.

Federico Fernández (Newcastle)

Vice-campeão da Copa do Mundo com a Argentina em 2014, Fede Fernández é titular no Newcastle. Na atual temporada, ele é o zagueiro com mais cortes na Premier League e o 20º com mais desarmes na competição. Jogador de boa estatura (1,90m), preza pelo bom posicionamento em campo, além de ser muito bom nos duelos pelo chão (venceu 67% dos duelos por baixo na atual edição da Premier League). O argentino tem 31 anos e desde 2011 atua no futebol europeu, além de ter sido titular da seleção albiceleste no Mundial do Brasil.

Marco Rojo (Manchester United)

Relegado ao time sub-23 do Manchester United, Rojo está sem espaço nos Red Devils. O argentino é canhoto e pode atuar tanto na zaga como na lateral-esquerda. Tem bom passe, boa velocidade e boa chegada ao ataque. Aos 30 anos, Rojo foi titular da Argentina nas duas últimas Copas do Mundo e foi o autor do gol salvador diante da Nigéria, evitando que a sua seleção caísse ainda na primeira fase na Rússia.

Ainda tem muitos outros jogadores que não entraram na lista e que poderiam ser boas opções para o Flamengo. Os argentinos Javier Pinola, do River Plate, Federico Fazio, da Roma, e Leonardo Sigali, do Racing, e o uruguaio Gastón Silva, do Huesca, são alguns deles. Tem ainda o colombiano Cristián Zapata, do Genoa, que chegou a negociar com o Flamengo há alguns anos, e o luso-brasileiro Roderick Miranda, um dos destaques do Famalicão na boa campanha do time no Campeonato Português na última temporada e que está sem espaço no Wolverhampton.

Outro que também fica sem contrato é o brasileiro Thiago Silva, mas como o jogador já expressou mágoa com o rubro-negro por ter sido dispensado nas categorias de base do clube e deseja atuar pelo Fluminense antes de encerrar a carreira, não entrou na lista.

Flamiguinhos lança novo clipe de Carnaval

Flamengo e Corinthians são os times com mais títulos na última década