in

Rodrigo Caio lamenta lesões sofridas em 2020, mas se diz feliz em voltar – “Me sinto 110%”

Alexandre Vidal / Flamengo

Antes do treinamento desta sexta-feira (18) no Ninho do Urubu, o zagueiro Rodrigo Caio foi o escolhido pelo Flamengo para dar uma coletiva e responder às perguntas dos jornalistas. Dentre os assuntos, o zagueiro falou sobre as lesões que o atrapalharam este ano e o tempo que ficou afastado dos gramados.

Tive momentos difíceis na carreira, lesões sérias. Acredito que quando você se machuca é o momento mais delicado para uma atleta de alto rendimento. Essa lesão que eu tive me deixou muito chateado. Voltaria contra o São Paulo, mas tive a contusão na panturrilha. Era um momento chave para o grupo e eu tinha muita expectativa de voltar. Mas tudo tem um porquê e é assim que eu encaro. Superei com muita força e dedicação, tive toda a ajuda de todo o departamento médico, o pessoal de transição, todos que me acompanharam. É uma alegria enorme voltar, se sentir 100%. Momentos difíceis são feitos para serem superados e quero ajudar meus companheiros.

Por conta de duas lesões, o zagueiro ficou fora da equipe por 69 dias e desfalcou o time em ocasiões importantes, como a Libertadores da América e Copa do Brasil. No entanto, agora ele garante estar em suas melhores condições.

Me sinto 110%, feliz por me sentir saudável. Feliz por poder fazer o que eu amo, ajudar meus companheiros e estar dentro de campo. Essa é a minha grande felicidade!“, finalizou Rodrigo Caio.

Flamengo acerta permanência de Thiago Maia e Lille pagará salários

Torino da Itália acena com proposta por Natan