in

Conselheiro do Flamengo pede investigação sobre Marcos Braz

Marcelo Cortes / Flamengo
Marcelo Cortes / Flamengo

A candidatura do vice de futebol Marcos Braz ao cargo de vereador do Rio de Janeiro nas eleições de 2020, ainda rendem assunto nos corredores da Gávea.  O conselheiro José Carlos Isidro Pereira, mais conhecido como Peruano, que foi candidato à presidência do Rubro-Negro em 2018, enviou um pedido no Conselho Deliberativo para que haja uma investigação detalhada através de uma Comissão de Inquérito, na forma do Art. 59 Do Estatuto Social do Clube de Regatas do Flamengo. A informação é do Jornal O Dia.

No pedido, do qual o jornal O Dia teve acesso, o conselheiro diz que “observou com preocupação a utilização da máquina do Clube pelo Sr. Vice-Presidente Marcos Braz, na sua campanha à Vereador do Estado do Rio de Janeiro, da seguinte forma: uso das cores rubro-negras, uso de dizeres que remetem ao Flamengo (“no Rio, não em outro igual”, “gelo no sangue”) e uso de funcionários do Flamengo, pedindo voto para ele nas dependências do Clube.”

Vale ressaltar que Marcos Braz foi eleito com mais de 40 mil votos e já confirmou que permanecerá no seu cargo no rubro-negro.

Jorge Jesus contesta ranking de melhores técnicos do mundo e relembra trabalho pelo Flamengo

Benfica tenta contratar Arão e diretoria do Flamengo é comunicada sobre o desejo do meio-campista