in

Cano vê Vasco fazendo frente ao Flamengo – “Perdemos de 2 a 1”

Reprodução

Em recente entrevista ao jornal “Olé”, o atacante argentino Germán Cano foi convidado para analisar os times brasileiros que vão entrar em campo pelas oitavas de final da Copa Libertadores da América. Então logicamente o atacante do Vasco fez uma análise do atual momento vivido pelo Flamengo, atual campeão da competição. Mesmo reconhecendo que estava falando de uma equipe muito qualificada tecnicamente, o atleta vislumbrou uma diferença em relação à equipe de 2019.

“O Flamengo é o campeão da América, mas está em um momento de transição, de muitas mudanças. O Jorge Jesus foi embora, e com o Domènec Torrent o time não conseguiu se firmar, ainda que continue ganhando. Não é um time tão sólido como no ano passado”, disse.

E o atleta vascaíno foi além. O artilheiro cruzmaltino relembrou que o Vasco fez uma partida muito parelha contra o Flamengo no Campeonato Brasileiro. No entanto, ele lamentou o fato do gol marcado por ele, que empataria a peleja, ter sido anulado pelo VAR.

“Nós perdemos para eles por 2 a 1, mas o VAR anulou um gol incrível meu. Fizemos frente. Depois de levarem 4 a 0 do Atlético Mineiro, contrataram Rogério Ceni. Ainda assim, jogam em outro nível, são de outra categoria. Gabigol ficou muito tempo com o tornozelo machucado e foi bem substituído pelo Pedro“, completou.

Em sua primeira temporada no Brasil, o camisa 14 do Vasco avaliou o estilo do futebol praticado no país. Dessa forma, considerou que o “jogo bonito” está em falta no país.

“Cada equipe tem sua maneira de jogar, mas tem alguns denominadores comuns. Aqui, se fazem um gol, é quase impossível empatar ou virar a partida. Os times ficam atrás e você se dá mal. O jogo bonito acabou. Nos primeiros 15, 20 minutos, eles ‘te comem’ na pressão. Com sorte, você chega uma vez e faz um gol”, expressou.

Bruno Henrique mira marca de 10 gols pelo Flamengo na Libertadores

Flamengo empata com o Racing fora de casa e leva vantagem para o Maracanã