in

Bruno Henrique mira marca de 10 gols pelo Flamengo na Libertadores

Alexandre Vidal / Flamengo

Esta terça-feira (24) marca o reinício do Flamengo em busca do tri campeonato da Taça Libertadores da América, contra o Racing, da Argentina. E para aumentar a confiança dos comandados do técnico Rogério Ceni, que enfim conseguiu a sua primeira vitória no comando da equipe, Gabigol e Filipe Luís recuperados de lesão não serão problemas para o treinador.

Com isso o rubro-negro terá quase a força máxima para encarar o importante duelo. Além dos retornos, tem um personagem que se transforma quando atua na competição mais importante das Américas. O atacante Bruno Henrique, que na última edição do torneio foi eleito o “Rei da América”, já tem nove gols com o Manto Sagrado no torneio.

Se fizer um gol na partida, o camisa 27 assumirá a vice-artilharia histórica da equipe rubro-negra na Libertadores.

Veja a lista dos artilheiros abaixo:

Zico – 16 gols em 20 partidas
Gabigol – 10 gols em 14 partidas
Gaúcho – 10 gols em 18 partidas
Tita – 10 gols em 24 partidas
Bruno Henrique – 9 gols em 17 partidas
Marcelinho Carioca – 7 gols em 17 partidas
Nunes – 7 gols em 20 partidas
Everton Ribeiro – 7 gols em 21 partidas

Dito isso, o artilheiro rubro-negro carrega otimismo para a decisão. Isso porque, na última partida dele com o Manto Sagrado, diante do Coritiba, ele marcou o primeiro gol da vitória. Além disso, Bruno Henrique ainda deixou sua marca nas dois últimos compromissos do Mais Querido na Copa Libertadores e, nas duas oportunidades, o Fla triunfou.

Além disso, o atacante funciona ainda melhor quando pareado com Gabigol, que também deve ser titular no compromisso. O Flamengo, de Bruno Henrique, enfrenta o Racing nesta terça (24), às 21h30 (horário de Brasília), no Estádio Presidente Perón. Dependendo do resultado, o Mais Querido pode decidir a vaga em casa com tranquilidade, visto que teve melhor campanha na fase de grupos.

Flamengo tem mais dois casos de Covid-19 confirmados e adia mais um jogo da Superliga

Cano vê Vasco fazendo frente ao Flamengo – “Perdemos de 2 a 1”