Sou Fla de Coração

Um site feito de Flamenguista para Flamenguista

Ads

Ads

News

“Você vê que o Domènec é um grande treinador”, diz Gerson

Gerson, contratado em 2019 como um dos principais reforços do Flamengo, foi peça fundamental da equipe comandada por Jorge Jesus que venceu o Campeonato Brasileiro e a Libertadores da América. Poderia ter sido diferente, porém: o meio-campista recusou ligações de Jorge Jesus duas vezes, sem saber, quando o português tentava convencê-lo a retornar ao futebol brasileiro.

“Meu pai me falou: ‘Olha, talvez você vai para o Flamengo’. Falei: ‘Mentira’. Recebi uma ligação, número desconhecido. E eu não atendo número desconhecido. Aí me ligaram direto no Whatsapp. No Whatsapp, ainda mais. Não atendo mesmo”, contou, à “TV Globo”.

“Aí me deu uma coisa e olhei quem estava ligando. Quando abri, vi a foto. Estava escrito Jorge Jesus no contato. Pensei: ‘Vou esperar, vamos ver se liga de novo’. E ele me falou: ‘Você não faz parte dos planos lá (na Fiorentina), mas faz dos meus”, seguiu, ao “Esporte Espetacular”.

Gerson, então, aceitou a proposta do Flamengo e foi titular nas conquistas do Campeonato Brasileiro e Conmebol Libertadores. O meio-campista foi só elogios ao Mister.

“O Mister teve tempo, ele era muito, como posso dizer, focado nas coisas dele. Ele tinha uma ideia. Para ele, vai ser essa ideia que vai ser o certo e como vamos vencer o jogo. E, no final, acontecia. Não sei o que aquele velho tinha”, brincou Gerson.

No entanto, vale deixar claro que para o atleta, a única diferença entre Jorge Jesus e Domènec Torrent, é o tempo de trabalho.

“O Dome chegou, veio a pandemia. Não está conseguindo encaixar os treinos, é muito vídeo. Mas é um grande treinador, tem grandes ideias, que estamos começando a entender. Mas ainda não teve muito tempo. E você vê que é um grande treinador. Mesmo sem muito tempo, está conseguindo implementar um trabalho”, elogiou.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: