Sou Fla de Coração

Um site feito de Flamenguista para Flamenguista

Ads

Ads

News

Fla x SP – Investimentos pesados, mas diferença grande no campo

Flamengo e São Paulo, que figuram entre os clubes mais ricos do país abriram os cofres para contratar badalados jogadores do cenário nacional e internacional. Mas a semelhança entre os dois clubes cessa, quando o assunto é resultado dentro das quatro linhas.

Os adversários da partida desse domingo (01), pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro, foram ao mercado e não poupam esforços para manter as folhas salariais em dia. A equipe rubro-negra paga desembolsa mensalmente cerca de R$25 milhões para manter o estrelado elenco.

Um pouco mais modesto na questão salarial, o tricolor do Morumbi gasta cerca de R$16 milhões mensais. A equipe carioca já tinha um elenco estrelado em 2019.

Gabigol, Everton Ribeiro, Bruno Henrique, Diego Alves e Filipe Luís recebiam salários milionários e custaram cerca de R$ 21,3 milhões por mês.
E com as contratações de Pedro, Michael, Isla, Pedro Rocha, Léo Pereira entre outros, o custo mensal chega na casa dos R$ 25 milhões.

O gasto elevado da equipe carioca se justifica em campo. No ano mágico de 2019, a equipe então dirigida por Jorge Jesus foi campeã do Campeonato Brasileiro, da Libertadores da América. Já em 2020 a equipe faturou os títulos da Supercopa do Brasil, a Recopa Sul-Americana e o Campeonato Carioca.

Agora sob o comando do catalão Domènec Torrent, o Flamengo segue forte em todas as competições. A equipe paulista, também gastou bastante em 2019. Com um elenco recheado de jogadores consagrados, o clube gastava R$14 milhões por mês.

No entanto vários atletas deixaram o tricolor paulista entre 2019 e 2020, como o zagueiro Anderson Martins, o volante Jucilei, o meia Everton e os atacantes Alexandre Pato e Raniel. Porém, a folha continuava com salários elevados como dos atletas Tiago Volpi, Daniel Alves, Hernanes e Pablo. Isso fez com que a folha chegasse a R$16 milhões mensais.

Mas ao contrário do sucesso rubro-negro, a equipe paulista não levanta um troféu desde a conquista da Copa Sul-Americana em 2012. No Brasileiro de 2019 a equipe foi somente a sexta colocada, foi eliminada pelo Bahia nas oitavas de final da Copa do Brasil e foi eliminada pelo Talleres na fase preliminar da Taça Libertadores.

E o calvário tricolor continua nessa temporada, sendo eliminado nas quartas de final do Campeonato Paulista pelo modesto Mirassol, e não conseguiu passar da fase de grupos da Libertadores da América.

Por Leandro Trindade

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: