in

Flamengo planeja Maracanã com capacidade de 94 mil lugares em 2021.

Divulgação

Em entrevista exclusiva ao programa “No Mundo da Bola”, da TV Brasil, o Presidente do Flamengo Rodolfo Landim foi enfático ao dizer que não tem a intenção de construir um estádio para o clube, e sim conseguir a concessão do Maracanã pelos próximos 35 anos.

O dirigente garantiu que o clube faz um estudo para a retirada das cadeiras atrás dos gols, o que aumentaria a capacidade em 15 mil lugares. A atual capacidade do estádio (apesar de nunca ser liberada totalmente) é de 79 mil lugares. Dessa forma, o estádio teria 94 mil lugares. No entanto, isso não será possível em 2020, já que existe um acordo para que o estádio tenha cadeiras numeradas para a decisão da Libertadores desse ano.

“Existe um projeto de lei que já foi aprovado que permite modificar o Maracanã ou seja, tirar as cadeiras. Isso é uma coisa que é interesse do próprio governo, que é o dono do estádio. Neste ano, isso não será feito, porque vamos ter a final da Libertadores no Maracanã. A ideia é que isso venha ser implementado na concessão de 35 anos. Ficou acertado, no Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI) que está sendo preparado para todos os que vão participar do processo licitatório, que se leve esse aspecto em consideração. É um interesse do governo também”, garante o presidente do Flamengo. A licitação do estádio deve ser lançada nos próximos meses.

Jornalista do Sportv garante – “O Fluminense é o favorito”.

Sem poder transmitir o Fla x Flu, Globo vai passar Altos x Vasco.